Magali Rodrigues Zeller

Magali Rodrigues Zeller

Colaboradora

Sócia e Consultora na AT Service Engenharia e Consultoria Atuarial Ltda., desde 1993. Graduada em Ciências Atuariais pela PUC- SP e Ciências Contábeis pela Faculdade Oswaldo Cruz. Especialização em Estatística pela USP, MBA em Gestão de Saúde pela FAAP, estágio na Fundação Kaiser Permanente em Oakland-Califórnia (EUA), com 9,3 milhões de beneficiários de planos de saúde, 167.300 empregados, 14.600 médicos, 37 centros médicos por reembolso, 611 centros médicos e 431.000 consultórios médicos.

rn

Implantação e avaliação dos benefícios a empregados segundo as normativas contábeis internacionais IFRS (IAS19/CPC33 R1/CVM695) USGAAP.

rn

Membro do Instituto Brasileiro de Atuária e participante ativa junto a Comissão de Saúde, Seguros e Previdência do IBA.

rn

Certificada pelo IBA – Instituto Brasileiro de Atuária como Responsável Técnico Atuarial e Atuário Independente.

rn

Coordenadora da Cátedra de Ciências Atuariais da ANSP – Associação Nacional de Seguros e Previdência.

rn

Perita Judicial Atuarial em diversas varas e Assistente técnico para diversas Entidades.

rn

Mais de 30 anos de experiência no mercado de seguros em empresas de consultoria, seguradora, operadoras de saúde, capitalização, resseguros e previdência complementar.

rn

Vem auxiliando empresas de capital aberto a identificar e quantificar os riscos originados dos diversos benefícios oferecidos aos empregados e a diretoria na aplicação da IAS19/CPC33 segundo as normativas contábeis internacionais IFRS, para compor a contabilização e a divulgação em seus demonstrativos financeiros.

O Instituto

Acompanhe as principais e mais recentes
informações sobre previdência
complementar e saúde suplementar

Instituto de Previdência Complementar e Saúde Suplementar (IPCOM)

O Instituto Brasileiro de Previdência Complementar e Saúde Suplementar (IPCOM) é uma associação civil sem fins lucrativos, de caráter científico, criada com a finalidade de promover o debate sobre os sistemas de previdência complementar e saúde suplementar.

O processo de envelhecimento da população brasileira, aliado à queda das taxas de natalidade, tem pressionado cada vez mais as finanças públicas no sentido de promover condições mínimas de dignidade para os cidadãos mais necessitados, especialmente para as pessoas em idade avançada.

Nesse cenário, a previdência complementar e a saúde suplementar visam oferecer proteção para além do mínimo oferecido pelo Estado, possibilitando a manutenção do padrão de consumo do trabalhador ao longo de toda sua vida.

O IPCOM reúne especialistas da área jurídica, economistas, atuários, profissionais da área de investimentos, entre outros, com a finalidade de buscar o desenvolvimento e o fortalecimento desses sistemas, com visão interdisciplinar, posicionando-se de forma técnica e independente sobre essa temática.